top of page

Colucci notifica Sabesp e ameaça romper contrato com concessionária de água e esgoto em Ilhabela

O prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, notificou a empresa Sabesp,

concessionária do serviço de abastecimento de água e coleta e tratamento de

esgoto na cidade, para apresentar plano de cumprimento das metas de índice

de cobertura dos serviços.


Na segunda-feira (26), o prefeito assinou o ofício que também solicita o

cronograma de investimento das obras e dá prazo de 15 dias para retorno da

concessionária, sob pena de rescisão unilateral do convênio.


O contrato 341/2020, assinado pela gestão passada, estabelece um quadro de

metas para cobertura com abastecimento de água e coleta de esgoto com

índice maior ou igual a 90% para água e 68% para esgoto, no entanto, de

acordo com o relatório anual de desempenho do ano de 2021 apresentado pela

Sabesp, os números em relação à cobertura de água ficaram em 86% e

esgotamento sanitário em 61,5%, ou seja, abaixo do estipulado em contrato.


Na semana passada, Colucci assinou uma ordem de serviço no valor de R$ 6

milhões para complementar obras na rede coletora de esgoto e interligar cerca

de 300 residências do núcleo de Regularização Fundiária Morro dos Mineiros,

no Itaquanduba, que ainda não estão ligadas à rede. Ainda segundo o prefeito,

está em vias de homologação um processo licitatório da ordem de R$ 12

milhões para construção de 11 estações elevatórias, também com recursos

municipais.



“Nós estamos investindo e fazendo um papel que cabe ao Governo do Estado,

porque Ilhabela não pode parar pela falta de competência em cumprir metas

estabelecidas no contrato. Por isso, notificamos a Sabesp e estamos decididos

a romper o contrato caso não haja retorno satisfatório no prazo estipulado”,

conclui Colucci.

1 visualização0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page