top of page

Com baixo índice de ocupação dos leitos, Caraguá libera 100% de ocupação e fim de restrições

A notícia tão aguardada por comerciantes e empresários do município de Caraguatatuba enfim chegou. Na terça-feira (17), a prefeitura publicou o decreto, seguindo a última atualização do Plano SP do Governo do Estado, liberando a abertura dos comércios e serviços não essenciais no município com 100% de ocupação e sem restrição de horário de funcionamento.



Vale ressaltar, que a medida só foi possível graças ao trabalho realizado e a vacinação acelerada. Atualmente, a cidade conta com 22% dos leitos de UTI Covid-19 com pacientes e 12% dos leitos de enfermaria Covid-19 com internações.


Antes da publicação do decreto 1500/2021 no dia 17, na edição 606 do Diário Oficial Eletrônico, com as novas medidas, as atividades em Caraguatatuba operavam das 6h à meia-noite, com 80% da capacidade de ocupação no período.


Em todas as informações passadas pela prefeitura municipal, eles ressaltam que apesar das mudanças, os protocolos sanitários de uso de máscara facial e álcool em gel continuam.


Além disso, mesmo que tenha 100% de ocupação do espaço, o distanciamento de 1 metro entre as pessoas continua nos estabelecimentos. As atividades com o público em pé, como eventos com pista de dança, e a formação de aglomerações continuam proibidas.


A fiscalização também continua e o descumprimento das regras poderá promover a aplicação de multa no valor de 1.000 VRMs ou R$ 3.740,00 (1 VRM = 3,74), 2 mil VRMs ou R$ 7.480, em caso de reincidência, e 3 mil VRMs ou R$ 11.220 em uma terceira autuação, mais cassação imediata do Alvará de Funcionamento, Licença de Funcionamento Sanitário e as sanções cabíveis, de natureza civil, administrativa e penal, respondendo pelos 267 e 268 do Código Penal (dos Crimes Contra a Saúde Pública). As medidas poderão ser revistas levando em consideração o aumento dos números de casos, internações e mortes por Covid-19.


Vacina para jovens de 16 e 17 anos com comorbidades, deficiência, gestantes e puérperas contra Covid


Jovens de 16 e 17 anos com deficiência, comorbidades, gestantes (em qualquer período gestacional) e puérperas (até 45 dias) poderão receber a vacina contra a Covid-19, por meio de agendamento, ainda essa semana em Caraguatatuba.


O agendamento da vacinação continua sendo pelo ‘Vacina Caraguá’. Os cadastrados que se enquadram dentro dos critérios (idade e condição) vão receber as notificações.


No dia da vacinação, o jovem deverá estar acompanhado do pai ou responsável e apresentar um documento que comprove a comorbidade, deficiência e/ou gestação, podendo ser: exames, receitas, relatório médico ou prescrição médica.

Para ser vacinado é fundamental que o jovem confirme o agendamento no ‘Caraguatatuba 156’, assim que receber a notificação, que chega pelo próprio aplicativo e também por e-mail.


Caso não confirme o agendamento no aplicativo, ou não compareça no dia da vacinação, ou ainda se negue a tomar a vacina na hora, por conta da marca, a pessoa tem seu cadastro cancelado e deverá realizar uma nova solicitação no ‘Vacina Caraguá’, indo automaticamente para o fim da fila.


Solicitação da vacina no ‘Vacina Carguá’


A Prefeitura de Caraguatatuba reforça que qualquer pessoa com mais de 12 anos pode solicitar a vacinação no ‘Vacina Caraguá’. Quem ainda não está na vez de receber o imunizante pode se adiantar e fazer o cadastro, e assim que forem liberados novos grupos será chamado.



Para aqueles que já estão aptos a receber a vacinação contra a Covid-19 a orientação também é a mesma. A solicitação deve ser feita o quanto antes. A liberação da vacina depende apenas do envio de novas doses por parte do governo estadual.


2 visualizações0 comentário

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page