top of page

Felipe Augusto visita COI de Porto Alegre para fortalecer resposta a emergências e suporte

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, visitou o Centro de Operações

Integradas (COI) de Porto Alegre, com o objetivo de implementar tecnologias

inovadoras e sistemas de trabalho na cidade.


Em função das transformações climáticas, o município está trabalhando contra

o tempo para a reconstrução da cidade antes da próxima temporada de

chuvas, em busca de projetos que possam aprimorar e oferecer mais suporte

em casos de emergência, visando melhorar o tempo resposta diante de

possíveis desastres.


Há 90 dias o município de São Sebastião foi atingido por uma tragédia de

proporções alarmantes. O evento foi marcado pelo maior volume de chuvas já

registrado na história do país, com mais de 600 milímetros em apenas 24

horas. A tempestade devastou uma extensão de 35 quilômetros da cidade,

deixando um rastro de destruição incalculável.


Além dos danos ambientais, que resultaram em 693 cicatrizes em morros,

indicando áreas de deslizamentos tanto em zonas habitadas quanto não

habitadas, a catástrofe com mais de 500 ruas afetadas, fez 64 vítimas fatais e

deixou milhares de desabrigados.


A maior chuva da história também marca a maior rede de solidariedade já vista

na cidade, uma corrente que se estendeu por todo o Brasil e mobilizou

inúmeras doações, fortalecendo e colaborando pela reconstrução e

reestruturação do município. Três meses marcados por trabalho árduo e

ininterrupto de todos os órgãos de poder desde os primeiros registros de

ocorrências em função das fortes chuvas do dia 19 de fevereiro.


Um cenário devastador que vem se transformando dia após dia através da

união entre os governos municipal, estadual e federal. Segundo o prefeito da

cidade, essa é a primeira vez que as três esferas do poder se juntam, deixando

de lado as convicções partidárias para trabalhar em conjunto por um bem

comum, a população.


O governo municipal traçou como uma das prioridades o reforço nos projetos

de suporte emergenciais. “Estivemos no Centro de Operações Integradas de

Porto Alegre, com o objetivo de implementar novas tecnologias e sistemas de

trabalho em nossa cidade. Estamos empenhados em buscar projetos que

possam melhorar e oferecer mais suporte em casos de emergência para nosso

município, a fim de melhorarmos o tempo resposta frente a tragédias que

possam ocorrer. Nossa equipe está comprometida em continuar trabalhando e

buscando soluções para levar dignidade e segurança à população

sebastianense”, disse o prefeito.


O prefeito destacou ainda que a cidade será exemplo de resiliência. “Nós

temos uma São Sebastião forte, e iremos reconstruir a nossa cidade a todo

vapor, fazendo com que essa tragédia se transforme em um evento que

marcará a história do Brasil como um grande case de sucesso, mesmo que

pese ainda 64 óbitos, o nosso respeito a todas as famílias enlutadas. Mas, um

case de sucesso, onde todos os protocolos da Defesa Civil de apoio às vítimas

mudam o país inteiro. Com suporte e união das três esferas de poder e da

sociedade civil organizada para defender sempre os brasileiros que nesta terra

habitam”, enfatizou Felipe Augusto.

3 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page