top of page

Hora do Mamaço promove aleitamento materno livre de preconceito

Por mais um ano, o Centro de Incentivo ao Aleitamento Materno (CIAMA), que atua em conjunto com o Banco de Leite Humano (BLH) de São Sebastião, realiza o evento Hora do Mamaço, que tem como objetivo apoiar o aleitamento materno em qualquer momento e local, inclusive em espaços públicos, livre de preconceitos.


O evento, ligado à campanha de incentivo à amamentação Agosto Dourado e à Semana Mundial do Aleitamento Materno, aconteceu esta manhã (3), às 8h30, na sede do CIAMA Topolândia. Além da equipe da unidade, estiveram presentes a diretora de ensino Rosana Salvini, a articuladora da Primeiríssima Infância Priscila Magalhães e a coordenadora pedagógica Raquel Moraes. Nova ação será realizada nesta quinta-feira, a partir das 13 horas (5), na unidade de Boiçucanga.



A coordenadora e enfermeira obstetra do CIAMA e responsável técnica pelo BLH, Pollyana Braga, explica que este ano, devido à pandemia, a Hora do Mamaço não reuniu todas as mães atendidas pela instituição, como de costume, a fim de evitar aglomeração e consequente risco à saúde. “Organizamos um evento simbólico com as mães e bebês que estão em atendimento nos dias do evento, representando todas as mães que acreditam e se dedicam ao aleitamento materno”, diz.


Ela convida todas as mães a participarem da ação virtual que acontecerá na sexta-feira (6), postando uma foto amamentando seu bebê, juntamente com um relato sobre o significado da amamentação, e marcar o CIAMA. “Iremos repostar as imagens em nossas redes sociais, para dar visibilidade à causa do aleitamento materno”, explica.


Uma das participantes da Hora do Mamaço, Mariana do Nascimento Silva, mãe do Heitor, de dois meses, diz que considera a amamentação importante para o desenvolvimento do bebê, além de ser um ato de amor. “É um aconchego para ele, vejo que às vezes já está satisfeito, mas quer continuar mamando, para manter o vínculo comigo”, diz.


Sandra dos Santos Barbosa, mãe do Henrique, de 3 meses, explica que no começo ficou com medo de não ter leite suficiente, mas observou que conforme o filho mama, mais leite ela tem disponível. “Acho a amamentação um momento muito bonito, porque ele olha bem nos meus olhos. Se estou vendo TV, paro e me concentro no olhar dele, parece que nos comunicamos”, diz.


Amanda Matias Henrique, mãe da Lorena, de 1 ano, explica que no começo foi complicado amamentar, mas graças à equipe do CIAMA, venceu as dificuldades. “Foi um alívio para mim, queria amamentar, ser mãe para mim é um prazer enorme, e graças às profissionais daqui eu consegui, e está sendo muito bom”, conta.


Agosto Dourado

Pollyana explica que a campanha Agosto Dourado é voltada à luta pelo incentivo à amamentação. “A cor dourada remete ao padrão ouro de qualidade do leite materno, sem sombra de dúvidas a melhor forma de nutrição, afeto e proteção contra as doenças.”


Ela conta que de 1 a 7 de agosto também acontece a Semana Mundial do Aleitamento Materno, que este ano tem como tema: “Proteger a amamentação, uma responsabilidade de todos”, remetendo à importância do envolvimento de todos na promoção do aleitamento materno. “O apoio do pai, da família, comunidade, empresas, profissionais e serviços públicos de saúde é fundamental para a promoção e proteção do aleitamento materno em todos os seus momentos”, diz.

0 visualização0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page