top of page

Ilhabela ganha cursos de qualificação profissional na IETEC a partir de março

O Evento Teste de apresentação das instalações da Ilhabela Escola Técnica –

IETEC recebeu mais de 200 convidados entre autoridades, empresários do

trade turístico e imprensa na última terça-feira, 31, no arquipélago. Promovido

numa parceria entre Prefeitura e Consórcio Inova Mais, a cerimônia apresentou

a estrutura e parte dos cursos técnicos que serão oferecidos para a

comunidade já a partir do mês de março.



O prefeito Toninho Colucci comemorou mais um compromisso do plano de

governo e enalteceu o trabalho e a dedicação de sua equipe. “Ainda temos

muitas coisas para serem feitas e finalizar a obra nesses próximos 30 dias. É

uma linha de partida, nossa tarefa é qualificar a nossa população, gerar

oportunidades para melhorar a vida das pessoas. Agradeço a Deus e à minha

equipe, porque a gente não faz nada sozinho. A gente propôs a construção de

10 novas escolas. Esta já é a segunda”.


Colucci também assinou o decreto de denominação da IETEC, com o nome do

Professor Antônio Veronezi. Fundador da Universidade de Guarulhos e

empresário do ramo de Shopping Centers, Veronezi foi investidor, gerador de

empregos e um educador de excelência, entusiasta da Educação.

Frequentador assíduo de Ilhabela, morreu vítima da Covid-19 em janeiro de

2021.


A professora Maria Dirce Poli Veronezi, viúva do homenageado, participou da

cerimônia acompanhada do filho, Victor Poli Veronezi. “Estamos muito

agradecidos pela homenagem ao meu pai, que respirava educação. Tenho

certeza que onde estiver ele está sorrindo neste momento”, disse Victor.


O prédio da IETEC foi construído com o método “steel frame”, formado por

peças de aço galvanizado que juntas formam o principal elemento estrutural.

Além disso, a obra também foi uma inovação no Regime Diferenciado de

Contratação, o chamado RDC, que permitiu a construção e a entrega de

equipamentos em tempo recorde: seis meses.


A estrutura compõe seis salas de aula com capacidade de 40 alunos cada,

cinco laboratórios para cursos nas áreas de gastronomia, náutica, hotelaria,

tecnologia e ciências; biblioteca, salas de reunião, cozinha e restaurante

escola, coworking, anfiteatro e áreas de descompressão.


A secretária de Educação, Lídia Sarmento, registrou o orgulho de fazer parte

do projeto. “Um dia foi um sonho. O sonho virou projeto, o projeto virou obra e

a obra virou esse equipamento que de todas as formas vai beneficiar jovens e

adultos de Ilhabela. Isso é um grande orgulho para nós”.


A unidade de ensino terá como diretora pedagógica a professora Édina

Teixeira, que dirigiu a escola estadual Profa. Maria Gemma de Souza Oliveira,

em Ilhabela por cinco anos e por 15 foi a diretora regional de ensino no Litoral

Norte. “Quis o destino que, depois de 20 anos, eu voltasse para ser diretora

deste instrumento educacional. Chego com o coração cheio de esperança,

gratidão e disposição para trabalhar muito e transformar a vida das pessoas”,

afirmou.


Cursos Técnicos


O trade turístico do município também prestigiou o Evento Teste e alguns

nomes de referência foram convidados a falar sobre a importância do novo

equipamento municipal para suas respectivas áreas.


Antônio Ferreira, o Chefe Tonhão, afirmou que a área gastronômica da cidade

só tende a ganhar. “Nós temos uma grande dificuldade em encontrar mão de

obra qualificada e com a escola técnica vamos resolver isso. Tem muita gente

que ama gastronomia, mas não tinha oportunidade de estudar e agora isso vai

mudar”, declarou.


O empresário Sérgio Canestrelli acredita na excelência que o setor de hotelaria

deve alcançar com a vinda de cursos de qualificação na área. “Até hoje para se

contratar mão de obra qualificada, tínhamos que contratar sem qualificação e

treinarmos nós mesmos. O centro de formação vai permitir mais excelência e

também levantar ainda mais Ilhabela no polo de turismo”.


Gunnar Müller, empresário do ramo náutico, destacou a geração de empregos

no setor. “Será um grande impacto. Hoje temos cerca de mil barcos na cidade.

São bens valiosos, meios de transporte e de lazer que necessitam de muita

manutenção, uma infinidade de profissionais. Agora podemos fazer parte

também dessa cadeia produtiva, capacitando essa mão de obra”.


Rafael Freitas, head de inovação e empreendedorismo, enfatizou a

oportunidade de transformação social. “A educação mudou a minha vida e vai

mudar a vida de muitas pessoas, diminuindo a desigualdade social”.


Andrea Lua, diretora do Instituto Joga Junto, falou da importância do hub de

inovação. “Nós trabalhamos com inovação, inserção imediata no mercado de

trabalho por meio do conhecimento tecnológico com uso da tecnologia. O

mundo está mudando. Precisamos acompanhar isso”.


A Ilhabela Escola Técnica Professor Antônio Veronezzi, IETEC, estará aberta

para visitação nesta quinta-feira, 2, das 8h às 12h. A unidade de ensino fica na

Av. Prof. Malaquias de O. Freitas, 448, na Barra Velha.

1 visualização0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page