top of page

Ilhabela inova e certifica hotéis e pousadas por práticas sustentáveis

Ilhabela deu mais um passo inovador no incentivo a sustentabilidade. Na noite de quinta-feira (30/09), a Prefeitura certificou os primeiros estabelecimentos da rede hoteleira com o selo “Green Ilhabela”.

Os hotéis e pousadas são avaliados em sete parâmetros técnicos: técnicas construtivas; resíduos sólidos; saneamento e água; energia e emissões de poluentes; educação e conscientização; proteção da biodiversidade; e responsabilidade social.


Cada parâmetro se divide em três níveis progressivos para cumprimento dos requisitos, que definem as três categorias de certificação (A, B e C).

Foram certificados com o selo Bronze, os estabelecimentos: Hotel Real Villa Bella, Pousada Vila das Velas, Pousada Canoa Caiçara e Cad Eventos e Pousada. Recebeu o Green Ilhabela Categoria Prata o Hotel Casa de Sirena.


A cerimônia de certificação contou com a presença de diversas autoridades, entre elas, o prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, o secretário de Meio Ambiente, Xico Graziano, a secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Luciane Leite, o presidente do Conselho Municipal de Turismo, Ricardo Cretella, e a representante da Comissão do Green Ilhabela, Vanessa Kluka.


O evento foi aberto com uma palestra do secretário de Meio Ambiente, Xico Graziano, sobre o tema “Do ambientalismo à ESG”. Ele falou do desafio das empresas e a sustentabilidade.


“O peso no mercado é maior quando a empresa tem boas práticas de sustentabilidade. Quem manda no negócio é o consumidor, ele que determina e exige produtos sustentáveis. O turismo sustentável vai se impor no mercado e as empresas que apostam no meio ambiente, no social e na governança saem na frente. Ilhabela está nessa agenda ambiental e temos um orgulho disso. Somos pioneiros”, disse.


Membro da Comissão do Green Ilhabela, Vanessa Kluka parabenizou a todos pela iniciativa e da parceria entre iniciativa privada e poder público.


Já Ricardo Cretella, presidente do Comtur, destacou a importância do diálogo. “Turismo é obras, é saneamento e é meio ambiente. Essa transversalidade é importante, desde que haja diálogo e parceria entre poder público e o ramo turístico e isso temos visto nesta gestão”, frisou.


A secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Luciane Leite, salientou a importância da indústria turística na economia. “Sabemos o quanto o turismo é importante para a economia de Ilhabela. Mas acima de tudo entendemos o quanto precisamos promover o desenvolvimento de forma sustentável. O Travel Value Index 2021, do Expedia Group, aponta que três em cada cinco pessoas estão dispostas a pagar tarifas maiores para que as suas viagens sejam mais sustentáveis. O Selo Green Ilhabela chega no momento certo e terá papel relevante nessa retomada econômica, contribuindo para consolidar a imagem da cidade como destino sustentável e influenciando de forma positiva a tomada de decisão do turista”, avalia.


O Prefeito de Ilhabela, Toninho Colucci, destacou que mais uma vez a Prefeitura inova e destaca a importância da adesão do comércio. “Começamos com hotéis e pousadas, mas vamos estender para outros ramos. Nossa gestão tem se preocupado com a questão ambiental, tanto que o saneamento básico é prioridade. Assinamos recentemente uma carta regional de adesão ao ‘Oceano sem Plástico’ e hoje damos mais um passo para a sustentabilidade. É um projeto corajoso e audacioso, que todos vão ganhar. Parabéns aos envolvidos no projeto e aos primeiros contemplados com o Selo Green Ilhabela”, disse.


Os estabelecimentos que receberam o Selo de Certificação podem utilizá-lo em campanhas de marketing, divulgando-o em seus canais de comunicação.

2 visualizações0 comentário

Comentários


Post: Blog2_Post
bottom of page