top of page

Prestação de contas da Saúde destaca mais de 118 mil consultas

A Prestação de Contas do 1º Quadrimestre de 2023 da Secretaria de Saúde foi

apresentada na quarta-feira (31/5), na Câmara Municipal, pelo secretário de

Saúde, Gustavo Boher, juntamente da secretária adjunta, Derci Andolfo, e

equipe técnica de diversos departamentos da Secretaria.



O presidente da Câmara de Caraguatatuba, Tato Aguilar e demais vereadores

estiveram presentes e levaram suas considerações sobre os serviços

prestados pela pasta.


A audiência pública é um instrumento de diálogo estabelecido com a sociedade

para apresentação, fiscalização, avaliação e controle das despesas com saúde,

oferecendo transparência, legalidade e legitimidade aos atos da Administração

Pública.


A Lei Complementar nº 141, de 13 de janeiro de 2012 em seu art. 36 e 41

determina que seja elaborado relatório detalhado das ações e gastos com as

despesas em saúde, referente ao quadrimestre anterior, estabelecendo limites

dentro dos quais deverá ser apresentado o referido relatório, sejam eles, final

dos meses de maio, setembro e fevereiro.


Em relação ao número de atendimentos foi apresentado que nos meses de

janeiro a abril deste ano, as três Unidades de Pronto Atendimento (UPA)

realizaram 87.235 consultas médicas de adulto e 31.417 de pediatria. Mais de

129 mil acolhimentos com a enfermagem foram feitos e 1.936 consultas

odontológicas. Permaneceram em observação de até 24h, 1.708 adultos e 298

crianças.


A Secretaria de Saúde agendou 14.621 consultas no Centro de Especialidades

Médicas do Centro e no Porto Novo; 4.983 no Ambulatório Médico de

Especialidades (AME); 6.742 na Casa de Saúde Stella Maris; 1.107 no Hospital

Regional do Litoral Norte e 373 pacientes foram encaminhados para consultas

em outras cidades.


Além disso, foram agendados 6.391 exames na rede municipal, como

mamografia, raio-X, densitometria óssea, entre outros. Para o AME, foram

feitos 3.320 agendamentos; 4.461 para Casa de Saúde Stella Maris; 2.667 no

Hospital Regional do Litoral Norte e 118 para outras cidades.


A Casa de Saúde Stella Maris teve 2.723 internações, sendo 389 eletivas e

2.334 de urgência. Dessas, 871 foram cirúrgicas, 735 médicas, 53

psiquiátricas, 742 obstétricas e 322 pediátricas. A unidade ainda realizou

14.079 consultas médicas de urgência e emergência no período. Na Unidade

de Terapia Intensiva (UTI) foram 647 pacientes adultos internados e 672

neonatal.


Das 4.983 consultas agendadas no AME, 1.021 pacientes deixaram de

comparecer, registrando uma taxa de 20,49% de absenteísmo (falta); já para os

3.320 exames agendados, 640 faltaram, uma taxa de 19,28% de faltosos.

Na rede municipal houve uma taxa de ausência de 31,39% para consultas e

17,25% para exames. Os procedimentos na rede privada registraram

absenteísmo de 18,12% nas consultas e 21,08% nos exames.


Quanto ao Hospital Regional do Litoral Norte, das 1.107 consultas marcadas,

174 pacientes faltaram, uma taxa de 15,71%, e dos 2.667 exames agendados,

foram 418 faltosos, taxa de 15,67%.


O Centro de Referência da Mulher (Pró-Mulher) realizou 2.981 consultas com

ginecologista e 1.328 de pré-natal, 412 com a equipe de enfermagem, 85 com

assistente social, 88 com nutricionista e 757 atendimentos psicológicos.

Na Atenção Básica foram 50.063 consultas médicas e 28.326 de enfermagem.

A prestação de contas completa pode ser visualizada no canal do youtube da

Câmara Municipal

1 visualização0 comentário

Comentarios


Post: Blog2_Post
bottom of page