top of page

Uso de máscaras em locais abertos deixa de ser obrigatório em São Sebastião

O prefeito de São Sebastião, Felipe Augusto, após posicionamento do Comitê

de Gestão de Crise de Enfrentamento ao Coronavírus (CGC), acompanhou a

decisão do governo do Estado e assinou, na quinta-feira (10), o decreto

municipal nº 8474/2022, sobre a liberação do uso das máscaras em ambiente

aberto, exceto em hospitais, estabelecimentos públicos de saúde, unidades

escolares e transporte público coletivo.


Fica mantido o protocolo de higienização das mãos com o uso de álcool em

gel.


A decisão, baseada em análises do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus,

deve-se ao avanço da vacinação na cidade e à queda dos números de

atendimentos às síndromes gripais e de casos confirmados e atendidos por

Covid-19. “Estamos vivendo uma situação mais segura, em relação à

pandemia. Por isso, foi possível tomar essa importante medida”, destacou o

prefeito.


O decreto assinado por Felipe Augusto passou a valer na última quinta-feira,

por ter sido publicado no Diário Oficial do Município. O uso de máscaras em

estabelecimentos comerciais passa a ser facultativo, assim como torna-se

opcional em locais como vias públicas, parques, ambientes escolares abertos,

shows e eventos ao ar livre.


Também recomenda a continuidade do uso por pessoas com sintomas gripais,

idosos e pessoas com comorbidades que não tenham tomado a dose de

reforço, assim como pessoas com o ciclo vacinal incompleto.


Em seu artigo 2º, o decreto municipal recomenda o uso de máscara nos

seguintes casos: pessoas com sintomas gripais; idosos e pessoas com

comorbidades que não tenham tomado a dose de reforço e pessoas com ciclo

vacinal incompleto.

 

Números


O decreto considera a diminuição no número de casos de COVID-19 e de

síndrome respiratória (H3N2) no município. As medidas poderão ser

reavaliadas a qualquer momento.


Segundo relatório divulgado pela Secretaria de Saúde, nesta quarta-feira (9) os

números dos atendimentos hospitalares por síndrome gripal continuaram em

queda. Foram 53 atendimentos no PA (Pronto Atendimento) de Boiçucanga e

46 na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Centro. Foram confirmados

somente 6 novos casos de Covid; nenhum novo óbito e somente 12 casos de

Covid-19 em acompanhamento; a taxa de recuperação do município se

manteve em torno de 98,56%; sem internações no município e somente duas

em hospitais fora da cidade.


A vacinação avançou ainda mais. São 182.018 pessoas imunizadas, sendo

80.361 com primeira dose; 70560 com segunda dose e 28746 de reforço e

2351 com dose única.

2 visualizações0 comentário

コメント


Post: Blog2_Post
bottom of page