top of page

Vereador Raul favoreceu empresa que recebeu R$ 3,15 milhões

Contrato assinado na gestão dos ex-prefeitos Márcio Tenório e Gracinha com a

empresa G&A Assessoria, Consultoria e Projetos previa repasse de R$ 4,7

milhões pela regularização de 14 núcleos habitacionais, mas nenhum foi

legalizado


O vereador de Ilhabela, Raul Cordeiro (PSD), está envolvido em um suposto

esquema de pagamentos efetuados pela gestão anterior para empresa que

detém contrato para regularizar 14 núcleos habitacionais na cidade.


O contrato foi assinado em 2 de maio de 2019, na gestão dos ex-prefeitos

Márcio Tenório e Maria das Graças Ferreira (Gracinha) com a empresa G&A

Assessoria, Consultoria e Projetos, a um valor de quase R$ 4,7 milhões.


De acordo com a Portaria 1277, Raul Cordeiro foi nomeado como gestor

substituto do contrato pelo ex-prefeito Márcio Tenório.


Na ocasião, ele ocupava o cargo de diretor de Habitação na Prefeitura de

Ilhabela. Porém, o Ministério Público identificou irregularidades na reforma

administrativa proposta por Márcio Tenório e extinguiu os cargos em janeiro de

2019.


Foi então que Raul Cordeiro deixa de ser gestor do contrato e passa a ser o

interlocutor entre Prefeitura e a empresa G&A Assessoria, Consultoria e

Projetos. Além de Raul Cordeiro, sua esposa fazia parte do quadro funcional da

empresa.


Ao todo, seis medições foram realizadas no contrato e o valor repassado pela

Prefeitura à empresa até 2020 chega a R$ 3,15 milhões, boa parte pagas no

final da gestão da ex-prefeita Gracinha.


Porém, nenhum dos 14 núcleos elencados no contrato foram regularizados.

São eles: Morro dos Mineiros, Rodamonte, Cobata I e II, Costa Bela, Engenho

Novo, Estrada do Camarão, Estrada de Castelhanos, Portinho, Reino, Santa

Catarina, Santa Terezinha I e II, Senzala/Buraco do Morcego, Bexiga e

Cantagalo. Os núcleos representam mais de 1,5 mil imóveis e beneficiaria mais

de 6 mil moradores.


Questionada, a Prefeitura de Ilhabela informou que nenhum pagamento é feito

à empresa desde o início de 2021 e que por várias vezes a empresa foi

notificada para apresentar relatórios sobre o processo de regularização nos

bairros, o que não ocorreu até o momento.

4 visualizações0 comentário

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page