top of page

Vila de Passagem na Topolândia começa a receber primeiros moradores afetados pela catástrofe

A Vila de Passagem no bairro Topolândia, região central de São Sebastião,

começou a receber na quinta-feira (4) os primeiros moradores vítimas da

catástrofe de 19 de fevereiro. No total, foram quatro famílias, com 15 pessoas,

sendo que três estavam hospedadas na Colônia de Férias do Itaú, no Pontal da

Cruz, e outro morador havia retornado para sua casa no Itatinga, apesar do

risco.



As unidades provisórias possuem 18 metros quadrados com quarto/cozinha e

banheiro e foram entregues com mobiliário e outros materiais para atender bem

as famílias. São camas de casal e beliches, geladeira, fogão, ventilador,

utensílios domésticos, produtos de higiene pessoal e roupa de cama.


De acordo com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano

(CDHU), do Governo do Estado, outras três famílias devem ir para o local na

próxima segunda-feira (8). “As transferências serão feitas de forma gradual até

a ocupação das 72 unidades”, explicou Ticiane Costa D’Aloia, da CDHU.


Uma das primeiras moradoras a chegar à Vila foi a autônoma Leonora Maria

Barcelos, 41 anos, juntamente com marido e quatro filhos. Com lágrimas nos

olhos, ela relembrou o dia da catástrofe e a esperança que tem a partir de

agora. “A gente tava começando a construir nosso barraco, mas a lama veio e

derrubou tudo, mas minha esperança nunca acaba e quero muito agradecer a

Deus e a todos que nos ajudaram”, conta ela que vai ficar com a família em

duas unidades.


Feliz também estava o jardineiro Felipe Oliveira Souza, 24 anos. “Muito bom o

local aqui, os móveis que recebemos e quero agradecer ao prefeito (Felipe

Augusto) por todo o empenho que a equipe teve. Aqui estou mais parto do meu

pai e com a minha família”, disse que que mudou para a Vila com a esposa, o

filho e a mãe.


Com a chave da porta na mão, o ajudante de pedreiro Gilvan Lamego Ferreira,

51 anos, havia voltado para sua casa no Itatinga e agradeceu a oportunidade

de estar em um lugar mais seguro. “Aqui é bem melhor do lugar onde morava”,

contou.


O vice-prefeito de São Sebastião, Reinaldo Moreira, foi receber os moradores e

destacou a parceria do município que vai instalar câmera e botão de pânico na

área para garantir uma dose a mais de segurança para as famílias. O espaço

também terá segurança 24 horas contratada pelo Estado.


O secretário estadual da Gerência de Apoio do Litoral Norte, coronel André

Porto, destaca que o início da entrega da Vila de Passagem marca um novo

ciclo após a tragédia de 19 de fevereiro.


“Vamos iniciar um plano de reconstrução onde traremos para a Vila pessoas

que ainda possuem problemas para retornar à sua casa. É um momento entre

a residência daqueles que estavam em pousadas e ainda buscam uma casa,

mas não fica desamparada nesse tempo”.

1 visualização0 comentário

تعليقات


Post: Blog2_Post
bottom of page